Paulo Emílio e a fisionomia histórica do cinema brasileiro

carnaval, futebol e outros rituais populares

  • Rafael Morato Zanatto Universidade de São Paulo - USP
Palavras-chave: Paulo Emílio, Historiografia, Cinema

Resumo

O presente artigo reconstitui e interpreta as anotações do curso Os filmes na cidade (1966), ministrado pelo crítico e historiador de cinema Paulo Emílio Sales Gomes, a partir do cotejo com as obras de referência e com os trabalhos que publicou sobre a história do cinema brasileiro. A partir desse procedimento, demonstraremos como Paulo Emílio interpreta a expressividade sociocultural no cinema brasileiro de temas como o carnaval, o futebol e outros rituais populares para elucidar a fisionomia desses filmes e seu público a partir de uma narrativa histórica, cultural e psicológica implicada em elucidar o passado, influir no presente e assegurar o futuro das atividades cinematográficas no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

FONTES DOCUMENTAIS

Manuscritos:

GOMES, Paulo Emílio Sales. Folha Esparsa Eneida. Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes. Acesso: S/n°.

GOMES, Paulo Emílio Sales. O cinema brasileiro na década de trinta (1973). Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes, PE/PI: 0296.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Anexo B. Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes. Acesso: PE/PI 0490.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Aula de 16 de maio. Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes. Acesso: PE/PI 0493.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Ernani Silva Bruno. Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes. Acesso: PE/PI 0494.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Gastão Cruls. Cinemateca Brasileira. Coleção Paulo Emílio Sales Gomes. Acesso: PE/PI 0495.

Publicações:

GOMES, Paulo Emílio Sales. A expressão social do filme documentário no cinema mudo brasileiro (1974). In: GOMES, Paulo Emílio Sales; CALIL, Carlos Augusto (Org.). Uma situação colonial? São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Cinema: trajetória no subdesenvolvimento (1973). In: Uma Situação Colonial? Carlos Augusto Calil (Org.). São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Funções da Cinemateca. In: Crítica de Cinema no Suplemento Literário vol. 1. Rio de Janeiro: Paz & Terra/Embrafilme, 1982.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Panorama do Cinema Brasileiro (1966). In: GOMES, Paulo Emílio Sales; CALIL, Carlos Augusto (Org.). Uma situação colonial? São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

GOMES, Paulo Emílio Sales. Pequeno Cinema Antigo (1969). In: Uma Situação Colonial? Carlos Augusto Calil (Org.). São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

BIBLIOGRAFIA

Consultadas por Paulo Emílio:

ARAÚJO, Vicente de Paulo. A bela época do cinema brasileiro. São Paulo: Editora Perspectiva, 1976.

BRUNO, Ernani da Silva. História e Tradições de Cidade de São Paulo, vol. 01. São Paulo: José Olympio Editora, 1954.

CRULS, Gastão. Aparência do Rio de Janeiro. Notícia histórica e descritiva da cidade, 02 vol. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1949.

FILHO, Mello Moraes. Festas e Tradições Populares do Brasil. Brasília: Senado Federal, Conselho Editorial, 2002.

MORAES, Eneida. História do Carnaval Carioca. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1958.

GERAL:

ADORNO, W. Theodor. Teoria estética. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

ARCHANGELO, Rodrigo. Imagens da Nação: política e prosperidade nos cinejornais Notícias da Semana e Atualidades Atlântida. 2015. Tese (Doutorado em História) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

AUTRAN, Arthur. Alex Viany, crítico e historiador. São Paulo: Editora Perspectiva, 2003.

BERNARDET, Jean-Claude. Historiografia Clássica do Cinema Brasileiro: metodologia e pedagogia. São Paulo: Annablume, 1995.

CORREA JÚNIOR, Fausto Douglas. A Cinemateca Brasileira: das luzes aos anos de chumbo. São Paulo: Editora UNESP, 2010.

MAIA, Guilherme; AZEVEDO, Euro. Quanto vale uma Chanchada? Disputas conceituais e valorativas em torno das comédias cinematográficas brasileiras (1940-50). BRASILIANA- Journal for Brazilian Studies. Vol. 6, n.1 (December, 2017). ISSN 2245-4373.

MENDES, Adilson Inácio. Trajetória de Paulo Emílio. São Paulo: Ateliê Editorial, 2015.

MORETTIN, Eduardo; XAVIER, Ismail. La critique cinématographique au Brésil et la question du sous-developpement économique: du cinéma muet aux années 1970. 1895: Révue d´Histoire du Cinéma, Paris, n. 77, hiver 2015.

NAPOLITANO, Marcos. Rio, Zona Norte (1957) de Nelson Pereira dos Santos: a música popular como representação de um impasse cultural. Per Musi, Belo Horizonte, n. 29, p. 75 - 85, 2014.

SOUZA, Carlos Roberto de. A Cinemateca Brasileira e a Preservação de Filmes no Brasil. 2009. Tese (Doutorado em Comunicação) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, 2009.

SOUZA, José Inácio de Melo. Imagens do Passado: São Paulo e Rio de Janeiro nos Primórdios do Cinema. São Paulo: Editora Senac, 2004.

SOUZA, José Inácio de Melo. Paulo Emílio no Paraíso. São Paulo: Editora Record, 2002.

SOUZA, José Inácio de Melo. Salas de cinema e história urbana de São Paulo (1894-1930): o cinema dos engenheiros. São Paulo: Editora Senac, 2016.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
Morato Zanatto, R. (2020). Paulo Emílio e a fisionomia histórica do cinema brasileiro: carnaval, futebol e outros rituais populares. Fênix - Revista De História E Estudos Culturais, 17(2), 262 - 282. https://doi.org/10.35355/revistafenix.v17i17.952