[1]
J. Morais, “Pistas teóricas e indícios analíticos para investigações acerca do cinema de Quentin Tarantino”, FENIX, vol. 17, nº 2, p. 412 -430, dez. 2020.